Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Google +

 

05/02/2015 08:13

SIPS 2010 - Sistema de Indicadores de Percepção Social – Cultura


Frederico Barbosa, Herton Ellery Araújo e Ana Codes / novembro de 2010

A cultura é um plano de observação privilegiado para olhar as cidades e os dinamismos que as movem. Os contextos urbanos induzem processos específicos de desenvolvimento cultural, de transformação de práticas e de condicionamentos particularmente importantes dos usos dados ao tempo livre.

As práticas culturais, sua diversidade, complexidade e distribuição oferecem, no quadro das cidades atuais, do seu planejamento e da qualidade de vida, um plano de observação em diferentes perspectivas. Por um lado, a perspectiva da espacialidade construída e das suas formas e, por outro, do lugar da cultura nesse espaço.

A expectativa inicial dessa pesquisa era de que a análise dos processos de referenciação simbólica das cidades permitiria interpretar as representações próprias das cidades brasileiras, pequenas, médias e grandes, e de alguns de seus processos culturais. Razões metodológicas e operacionais reorientaram os objetivos para novo foco, permitindo delimitar empiricamente os seguintes elementos na escala das grandes regiões brasileiras: a) percepção social sobre a organização urbana para a prática cultural; b) disposições culturais para o uso do tempo; c) percepções a respeito da oferta cultural; d) frequência de práticas culturais.
 

 

acesseAcesse o documento

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea