Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
19/08/2010 13:04


Seminário 7 - Desenvolvimento econômico e o trabalho decente na produção global: crise ou oportunidade para o Brasil? (27 e 28 de abril de 2009)  Exibe a versão de impressão da página  Retorna para a página anterior

O seminário "Desenvolvimento econômico e o emprego na produção global: crise ou oportunidade para o Brasil?", ocorreu na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES, 20º andar), no Rio de Janeiro. Organizado em parceria com o BNDES, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a Universidade de Manchester (Reino Unido), ele deu seguimento a uma sequência de outros seminários realizados na Suíça, China, Índia e África do Sul, coordenados pelo Instituto Internacional de Estudos Laborais da OIT.

O objetivo principal desses encontros foi examinar as tendências na produção global e seus impactos sobre o mundo do trabalho, além de criar uma rede internacional de pesquisadores que pudessem realizar estudos nacionais e internacionais comparativos sobre o tema e, com isso, gerar insumos para políticas governamentais, grupos de trabalhadores e de empresas.

O seminário no Brasil foi organizado em quatro sessões que, dentro do quadro da atual crise econômica internacional, analisaram: (1) as tendências na reconfiguração da produção global e as implicações para o Brasil e outros países emergentes; (2) os impactos da produção global para o mundo do trabalho e estratégias para garantir a geração de emprego de qualidade; (3) o enfoque do desenvolvimento local e regional para estimular a competitividade das pequenas e médias empresas e a qualidade dos empregos; e (4) os impactos da crise econômica sobre o emprego e as políticas públicas adotadas para lidar com a crise e estimular uma inserção internacional competitiva e justa.

Na primeira sessão, os participantes observaram como China, Índia e Brasil puderam adequar mecanismos de regulação e indução de suas economias para minorar os efeitos da crise internacional. Na segunda sessão, o foco foi o impacto da produção global sobre a geração de emprego de qualidade no Brasil, especialmente sobre setores de baixo valor adicionado e sob intensa concorrência de preço. Já a terceira sessão discutiu o desenvolvimento local/regional, as experiências de concentração de empresas do mesmo setor em uma localização específica e seus efeitos sobre a competitividade e o emprego. Por fim, a quarta sessão encerrou o evento com uma mesa-redonda.
 
O evento na sede do BNDES, no Rio, teve a participação de especialistas estrangeiros e foi o sétimo seminário do projeto Perspectivas do Desenvolvimento Brasileiro, do Ipea, que começou em 2008 e se estende por todo o ano de 2009.

Palestrantes

  • Gary Gereffi, Departamento de Sociologia, Universidade Duke (EUA)
  • Fei Qin, Department of Management, London School of Economics (Reino Unido)
  • João De Negri, Ipea
  • Stephanie Barrientos, Universidade de Manchester (Reino Unido)
  • Meenu Tewari, Department of City and Regional Planning, Universidade da Carolina do Norte (EUA)
  • João Carlos Ferraz, BNDES
  • Anne Posthuma, OIT
  • Jici Wang, Universidade de Pequim (China)
  • Helena M. M. Lastres, BNDES
  • Dev Nathan, Institute for Human Development (Índia)

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea