Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Google +

 

30/08/2018 19:00

Especialistas debatem perspectivas e desafios financeiros da América Latina


Pesquisadores brasileiros e estrangeiros reunidos no Ipea trataram de temas como dependência de exportações primárias e financeirização

 

Uma oficina de trabalho realizada nesta quinta-feira, 30, no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), reuniu especialistas nacionais e internacionais em torno do tema Perspectivas Macroeconômicas e Financeiras da América Latina. Em sua apresentação, o economista da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) Nicolas Meisel comentou os principais objetivos e resultados da edição 124 da Revista Francesa de Economia Financeira, sobre os novos desafios macrofinanceiros da América Latina, que constatou mudanças positivas na região, como a estabilização institucional, as políticas econômicas menos ideológicas e mais pragmáticas e as reformas econômicas ambiciosas.

180831 erspectivas_e_desafios_financeiros_da_america_latina
Foto: David Magalhães

No entanto, a análise também apontou vulnerabilidades a serem superadas na América Latina: a dependência de exportações primárias, as desigualdades, as baixas taxas de investimento e a profundidade financeira limitada. Outro convidado, o professor emérito do Centro de Economia de Paris-Nord, Pierre Salama, trouxe à mesa de debates a questão do controle da financeirização.

Salama explicou que a financeirização é necessária frente a uma produção cada dia mais complexa, mas também apresenta um lado negativo, uma vez que incentiva a especulação e influencia aspectos sobre a distribuição de renda, contribuindo para desigualdades sociais. “Acho que devemos, por um lado, favorecer a financeirização e, por outro, controlá-la, a fim de evitar uma sociedade mais excludente e desigual”, disse o professor.

O diretor da Dinte, Ivan Oliveira, acredita que interações como a realizada com a AFD são bastante proveitosas e enriquecedoras, e que o tema do seminário “é da maior relevância para o Ipea e o debate público, a fim de entender por onde vai a região, quais são os desafios e como o Brasil se posiciona em relação a eles”.

A oficina de trabalho Perspectivas Macroeconômicas e Financeiras da América Latina foi promovida pela Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Ipea e integra uma agenda de parceria do instituto com a AFD para projetos de pesquisa conjuntos. O diretor regional da AFD para Brasil e Argentina, Philippe Orliange, ressaltou que o relacionamento entre as duas instituições colabora para aprimorar o conhecimento sobre políticas públicas, o que garante mais destaque à atuação da Agência na região.

Também participaram do evento, entre outros convidados, o diretor do Escritório da Comissão Econômica para América Latina e Caribe (Cepal/ONU) no Brasil, Carlos Mussi, o coordenador do Mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento do Ipea, Claudio Amitrano, e o diretor-adjunto de Estudos e Políticas Internacionais do Ipea, Edison Benedito.

 

 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea