Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Google +

 

06/09/2018 10:51

Indicador Ipea de Investimentos aponta queda de 1% em julho

O indicador de construção civil, entretanto, registrou alta de 1,7% e cresceu pelo segundo mês consecutivo

O Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) referente a julho, divulgado nesta quinta-feira (06/09) pelo Grupo de Conjuntura do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, registrou queda de 1% na comparação com junho. Apesar desse recuo, o indicador de construção civil, um dos componentes da FBCF, avançou 1,7% no mesmo período, a segunda alta seguida frente ao mês anterior. Em relação a julho de 2017, o desempenho da construção civil foi 2,3% superior.

Outro componente da FBCF, o consumo aparente de máquinas e equipamentos (Came), que corresponde à produção doméstica líquida das exportações e acrescida das importações, caiu 7,6% em julho. Esse resultado do Came é decorrente do recuo de 2% na produção de bens de capital líquida de exportações e de 12,1% na importação de bens de capital.

Na comparação entre o trimestre encerrado em julho e o terminado em abril, os investimentos caíram 4,2%, segundo o Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo. Frente a julho de 2017, o indicador apontou alta de 4%. O Came também avançou ante o mesmo mês de 2017 – alta de 9,9%, após uma elevação de 18,6% em junho.

Acesse o indicador no blog da Carta de Conjuntura

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea