Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Slideshare

 


12/02/2019 17:00

banner-livro-territorios-em-numeros-v1
Participação como método de governo: experiências transcalares no Rio Grande do Sul, Brasil e na Toscana, Itália

AUTOR: Igor Ferraz da Fonseca

 

icon pdf

Acesse o PDF (11,9 MB)

icon pdf Acesse o EPUB (3.4 MB)
(Para leitura em sistema operacional Android, recomenda-se o Universal Book Reader)
   

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

PRIMEIRA PARTE – BASE TEÓRICA

CAPÍTULO 1
ESCALA E INSTITUCIONALIZAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO: OS LIMITES DA LITERATURA SOBRE TEORIAS DA DEMOCRACIA NO SÉCULO XX

CAPÍTULO 2
MODELOS HÍBRIDOS: O SALTO DE ESCALA E A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO E DA DELIBERAÇÃO COMO NOVAS FRONTEIRAS DEMOCRÁTICAS

SEGUNDA PARTE – OS ESTUDOS DE CASO

NOTA METODOLÓGICA

CAPÍTULO 3
EXPERIÊNCIAS SUPRALOCAIS INSTITUCIONALIZADAS: A PARTICIPAÇÃO SOCIAL NO ORÇAMENTO ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL (1991-2018)

CAPÍTULO 4
SISTEMAS DELIBERATIVOS, ESCALA E INSTITUCIONALIZAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO: UMA ANÁLISE A PARTIR DO CASO DO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL

CAPÍTULO 5
EXPERIÊNCIAS SUPRALOCAIS E INSTITUCIONALIZAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO: O CASO DA POLÍTICA REGIONAL TOSCANA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL, ITÁLIA (2007-2017)

CAPÍTULO 6
ESCALA E INSTITUCIONALIZAÇÃO DA POLÍTICA REGIONAL TOSCANA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL: POTENCIALIDADES E LIMITES

TERCEIRA PARTE – ANÁLISE E CONCLUSÕES

CAPÍTULO 7
A PARTICIPAÇÃO COMO MÉTODO DE GOVERNO: A INSTITUCIONALIZAÇÃO DE MECANISMOS SUPRALOCAIS COMO NOVA FRONTEIRA PARA A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA E DELIBERATIVA?

REFERÊNCIAS

APÊNDICE A

APÊNDICE B

APÊNDICE C

APÊNDICE D

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea