Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
09/04/2019 14:06

Em três anos, total de domésticas com carteira cai 15%


MESMO APÓS REGULAMENTAÇÃO DOS DIREITOS TRABALHISTAS, PROFISSIONAIS SOFREM COM DESEMPREGO ALTO E MENOR RENDA DAS FAMÍLIAS BRASILEIRAS

Douglas Gavras

Nos últimos três anos, mais de 300 mil empregados domésticos perderam o registro na carteira de trabalho, mesmo após a regulamentação dos direitos da categoria. No fim do ano passado, o número de profissionais registrados foi impactado pela crise e teve seu pior resultado desde 2015. Esse contingente caiu 15% no período, de 2,1 milhões para 1,78 milhão.

.

Saiba mais >>

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea